InovAção Circular

” Juntos por um desenvolvimento economico, inclusivo, inovador e sustentável “

Investir e Empoderar para um Desenvolvimento Sustentável e Inclusivo em Sofala

O projecto visa a contribuir ao desenvolvimento económico e social da cidade da Beira, promovendo a criação de novos empregos na economia circular para mulheres e jovens moçambicanos, assegurando serviços de aceleração e incubação sustentáveis, de qualidade e atractivos e criando um ecossistema empresarial sinergético e coeso, capaz de satisfazer as necessidades do mercado tecnológico e económico atual.

PERÍODO

2022 – 2025

Custo total

€ 1.005.763

Financiadores

co-financiado pela União Europeia

parceiros

Fondazione Aurora

Universidade Zambeze – Centro de Estudos e Pesquisas Sociais

associado

Feedel Ventures

UC Business – Gabinete de Transferência de Tecnologia da Universidade de Coimbra

LOCAL DE IMPLEMENTAÇÃO

Beira

RESULTADOS PRINCIPAIS

Incubadoras reforçadas

Empresas estabelecidas

Ideias incubadas

Pessoas envolvidas na formação

O PROJECTO

Inovação Circular é um projecto co-financiado pela União Europeia que será implementado pelo CAM com os seguintes parceiros:  Fundação Aurora e Universidade Zambeze.

O projecto tem uma duração de 4 anos (2022-2025) e terá lugar na cidade da Beira (Província de Sofala – Moçambique). O objectivo principal é estimular o desenvolvimento económico da população da Beira através da melhoria dos serviços de incubação e aceleração de empresas e a criação de novos empregos na economia circular para mitigar as desigualdades sociais. 

Para este fim, está previsto formalizar e reforçar estruturalmente duas Incubadoras e Aceleradoras de Empresas (I&A) na cidade da Beira: Palincule e HubLink. o Palincule – Palco de Inovação de Negócios Aceleradores e Incubadoras de Empresas, uma spin-off da Universidade Zambeze, e HUBLink, uma incubadora que tem a missão de acompanhar os jovens neo-empresários na estruturação de novas ideias, empresas e start-up inovadoras, inclusivas e sustentáveis. As duas I&A representam por um lado o mundo académico e por outro lado o empreendedorismo local bottom-up. Um caminho de acompanhamento da I&A permitirá a Palincule e HubLink tornarem-se entidades economicamente sustentáveis e competitivas, reconhecidas na cena nacional e internacional. O caminho será dividido em duas fases: uma primeira parte de renovação do espaço e formação do pessoal de I&A sobre questões de liderança e gestão empresarial, e uma segunda fase de formação no local de trabalho, durante a qual o pessoal do projecto apoiará as I&A directamente no terreno para que tenham a capacidade de oferecer serviços de maior qualidade. Paralelamente ao reforço das I&A, o projecto favorecerá a criação de novos empregos, acompanhando as I&A na consolidação de 3 pequenas e médias empresas locais que operam no sector da economia circular através de programas de aceleração personalizados. As empresas selecionadas beneficiarão de fundos para a consolidação dos próprios negócios e terão a oportunidade de interagir e conhecer realidades semelhantes, através de intercâmbios de boas práticas em Itália. Serão organizados encontros B2B entre I&A europeus e moçambicanos a fim de aumentar a inovação e a competitividade no domínio do interesse e da sustentabilidade das próprias empresas com o objectivo de criar um ecossistema sólido de clientes e de potenciais investidores públicos e privados.

Ao mesmo tempo, outro objectivo é facilitar o acesso a programas de incubação, encorajar a participação activa de jovem mulheres e homens formados e não formados, a fim de dar visibilidade às ideias mais brilhantes, que encontram dentro do projecto a oportunidade de crescer, definir-se e preparar-se através da criação de um plano de negócios para entrar no mercado local e internacional. 

RESULTADOS ESPERADOS

1. I&As têm espaços físicos adequados, recursos humanos formados e  uma rede de contactos consolidados no âmbito da economia circular
2. Novos conteúdos digitais e nova  lataforma digital para implementação e a promoção das atividades das I&As
3. Apoio a 3 MPMEs locais tornar-se parte de cadeias de valor e produção nacionais e internacionais
4. Estruturação de 20 Novas ideias empresariais prontas para serem apresentadas ao investidores/ parceiros /mercado local e internacional